Aaai gente, tenho que confessar, eu sou muito medrosa com altura, de verdade!! E não são aqueles medos de pular de lugar alto e tal, eu tenho medo até de atravessar uma ponte!!!

Costumo fazer muitas trilhas por aí e vou sempre enfrentando meus medos, mas ontem eu travei numa parte que estava escorregando e comecei a tremer. Misturava a tremedeira, com um suor estranho nas mãos que parecia que eu ia cair, enquanto isso a crise de ansiedade foi tomando conta…

Aí no meio disso tudo eu ouço a seguinte frase: “não desiste, você consegue.” Adiantou de algo? Não, não adiantou de nada. Mas aí eu ouvi: “Se precisar eu te ajudo” e então eu consegui subir.

Depois disso, cheguei ao cume tranquilamente, mesmo com outro trecho desses e ainda desci de boassa no escuro, porque saí de lá logo depois que o sol se pôs. Lá em cima, fiquei pensando que a gente não chega em lugar algum sozinho.

Pra nascer a gente precisa da nossa mãe, pra sobreviver aos primeiros anos precisamos da nossa família, pra crescer profissionalmente precisamos que alguém acredite em nós. E a vida é assim, ora você ajuda, ora é ajudado. Ora você aprende, ora ensina.

Para mais informações sobre trilhas: www.instagram.com/tripbruta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

Instituto Inhotim, Brumadinho

seg nov 11 , 2019
Localizado na pequena cidade de Brumadinho e a 60km da capital Belo Horizonte, Inhotim é o maior Museu de Arte Contemporânea a céu aberto do […]